Pesquisar neste blog

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Livra-me do mal




Pedir para ser livrado do mal foi algo que Jesus fez e nos ensinou a fazer. O mal existe e Deus é soberano para me livrar de toda e qualquer negatividade, conservando-me intacta 

Versículo para o dia


"Aplica o teu coração à instrução e os teus ouvidos às palavras do conhecimento." 
(PV 23:12)




Foto tirada no dia do meu casamento, no momento de entrada das alianças

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Um encontro do Eu Escolhi Esperar


Resultado de imagem para eu escolhi esperar
Se tem algo que aprendi desde que vim  morar em apartamento é me livrar daquilo que não é necessário, assim, coloco uma roupa, caso eu não goste, já separo para doação. O mesmo ocorre com sapatos e com livros e papeis, tenho aprendido a jogar fora, o que não precisa ser guardado. Revistando minha pasta de certificados encontrei um escrito sobre um encontro que fui em 2013 e pensei, por que não passar tudo para o blog e me livrar do impresso? E esse é o objetivo deste post.
Lembro-me que 2013, foi o ano que resolvi fazer a vontade do Senhor e esperar por aquele que ele tinha separado para mim, não foi fácil a minha decisão, pois para isso como já disse aqui eu tive que abrir mão de tantas coisas que envolvia uma pessoa e o que me era proporcionado ao estar com ela. Como sabem aceitei isso, mas talvez o que vocês não sabem é que nesse período o Senhor não me deixou sozinha e trouxe para a minha vida e para Marília, pessoas que tratavam disso e me auxiliaram na busca do cuidado de Deus, como isso ocorreu? Na noite que tomei a decisão descobri em seguida, após minha oração que o Nelson do Eu Escolhi Esperar viria para Marília fazer um seminário sobre esse tema, corri para fazer minha inscrição que foi de R$15,00 e o valor foi creditado no dia 13 de fevereiro de 2013.
É claro que conheci o Nelson, seu trabalho e mesmo após isso os seguia constantemente pelas redes sociais, comprei livros, um chaveiro escrito Escolhi Esperar, que se rompeu no ano que conheci o Pedro...Além disso, a Marcela Taís veio duas vezes à Marília, o Diante do Trono (com a música me ama e escudo e proteção) a Bianca Toledo também (que naquele momento me auxiliou muito sem entrar na discussão sobre os futuros fatos) e com isso Deus foi me dando vigor para prosseguir. Sentia essas pessoas tão perto, mas tão perto e reais que foi uma grande fase da minha vida.
Enfim o fato é que eu fui no seminário e lá Deus me deu uma amiga que me auxiliiooooou muito nesse tempo, tudo bem que agora era mora em outra cidade e faz tempo que não nos falamos, mas eu lembro dela com carinho e ela foi preparada por Deus para mim.
Mas vamos ao que interessa rsrs no seminário havia em torno de 700 pessoas, ocorreu  das 15h até por volta das 20h em uma igreja da zona sul da cidade. Inicialmente, tratou-se do tema “por que esperar?”, depois, “até quando esperar?” e por fim, “eu não esperei e agora?”.
Na primeira parte do seminário, o pastor Nelson iniciou lendo 1 João 2:15, mencionou que os prazeres do mundo são passageiros e todos querem um amor para a vida inteira, mas não querem esperar por ele. Sendo que o importante é trocar os prazeres do momento pelos eternos. Nelson destacou que não será possível acertar uma área se está errando em outra, prazeres só duram momentos.
Na segunda parte do seminário, foi mencionado gêneses 2:18, mencionando que puritanismo (fingir ser puro) é diferente de pureza e não se deve quebrar princípio para saciar desejo, Deus criou o sexo seguro e chamou de casamento. Gênesis 2:24 trata do sexo após o casamento e a bíblia se refere ao ato sexual fora do casamento como prostituição e fornicação.
Na terceira parte do seminário, foi mencionado que o homem perfeito não vacila, não erra e não existe e as meninas que escolhem os meninos pelo bolso não devem reclamar se forem tratadas como mercadoria.
Deus nos fez completos, tirou uma parte de Adão e ele mesmo completou. Deus deu Adão inteiro a Eva. Adão era inteiro e quando tirou costela ele colocou outra, pois não é possível voltar, relacionamento é tirar pedaços é doação.
Casamento é morrer para si, é doação, não se deve procurar alguém que te complete, seja inteiro e procure quem te transborde, o termo cara metade é do mundo. Não deve nos completar, mas nos enriquecer, nos complementar.
Nelson mencionou que ele esperou sete anos pela esposa esperar é a maior prova de amor, considerando que encalhado é quem está ao lado da pessoa errada e um dia a mais ao lado da pessoa errada é um dia a menos ao lado da certa.
O pastor mencionou que tudo chega com o tempo para aquele que sabe esperar e vale a pena esperar o que é para a vida toda. Lembrando que amar é uma decisão. Por fim, ele mencionou que sua esposa disse que não era mulher para ele porque não havia esperado por ele.
Mas para quem não esperou, Deus é de recomeço, misericórdia, graça e escreve uma nova história considerando que reconhecer que errou apenas não é arrependimento. Arrependimento é não querer mais.
Quantas verdades não mesmo? Há tantas coisas que escrevi aqui que tomo no meu coração como sendo verdades enraizadas que se tornaram minhas concepções e eu nem lembrava onde havia aprendido. Se você tiver a oportunidade de participar desse seminário, participe, Deus tocou meu coração de uma maneira sobrenatural e após o seminário fui na frente receber oração e participar do apelo, não costumo fazer isso (não faço mesmo), mas nesse momento eu fui e creio que naquela noite Deus rompeu o céus ao meu favor.
E por fim Nelson mencionou uma grande verdade na área dos relacionamentos:


O HOMEM MAIS IMPORTANTE É O QUE NÃO DEIXA O PRÓXIMO EXISTIR.












terça-feira, 21 de novembro de 2017



"Tenho vontade de escrever, e tenho uma necessidade ainda maior de tirar todo o tipo de coisas de dentro do meu peito. O papel tem mais paciência que as pessoas." (p. 16)
O diário de Anne Frank
Resultado de imagem para livro velho



Formas de amar: aprendendo com crianças: 56

O pequeno de três anos desobedeceu, foi avisado e teve que ficar pensando nos empurrões que estava dando nos amigos no momento de brincar. Ele chorou, olhou para mim, esperneou e foi ficar um pouco com a funcionária querida...Nesse momento, ele virou para ela e disse que a professora Aline era um pouco chata.


Hoje, resolvi indagá-lo:

-P. fiquei sabendo que você disse que eu sou um pouco chata?

Nesse momento, pensei que ele negar, sorrir, desconversar, mas para a minha surpresa ele disse:

-Mas você é muito importante.




Tem como não sorrir? 

Há algum tempo que não me preocupo com a chuva, mesmo estando de biz relaxo e Deus cuida de tudo. Hoje, estava eu em uma escola quando o céu despencou, após 15 minutos eu teria que caminhar por cerca de 30 minutos para chegar até outra escola. Naquele momento eu olhei pela janela e sussurrei para mim mesma que eu sabia que o Senhor cuidaria de tudo e eu não me molharia e isso ocorreu de fato, foi lindo de ver. 
Na volta para casa, algumas horas depois eu estava em um carro e o céu desmoronou novamente, há meia hora eu iria pegar minha biz e voltar para casa, você acha que me desesperei? Negativo, fiquei calma e quando cheguei em Marília/SP, adivinha só, a chuva havia terminado. 
Deus tem mostrado a ter fé no tempo e ficar calma porque ele está cuidando de tudo. Hoje, a Patrícia Geiger, postou uma definição de fé "A melhor definição que eu já ouvi, para o que é fé: 'Não vê ou sente, mas espera com certeza'". 
Tenho passado por um tempo de ter fé, em meio a desesperos de colegas perante a oportunidade de um novo emprego eu me pego tranquila crendo que com certeza Deus está cuidando de tudo, esse emprego desde antes de casar eu esperava que ocorresse no final do meu primeiro ano de casamento e para minha surpresa estou finalizando o primeiro ano do meu casamento e eis que surgiu a oportunidade. Eu penso nele como quem pensa em um presente de Deus! 
Estou feliz , calma, paciente e confiante no Senhor...Afinal, o querer e o efetuar vem dele.


Depois venho contar para vocês com mais detalhes...


Resultado de imagem para fé



sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Eu daqui 4 anos


Hoje me deu uma saudade de escrever por aqui, sempre revisito esse espaço que mais do que um blog é um diário meu que serve para me lembrar daquilo que merece ser lembrado. Esse texto, como infelizmente todos que estão sendo produzidos aqui, surgem sem direção e como uma folha voando ao vento segue a direção que o vento lhe der.
Eu como já disse várias vezes tenho muitas coisas para escrever, no entanto, há coisas que nesse momento não podem e não devem ser escritas...Sinto-me despreparada para lidar com determinados assuntos, ao mesmo tempo que sinto-me mudar a todo instante, hoje, fiz o que nunca fiz em 26 anos de vida.
Resultado de imagem para futuroPeguei um shampoo novo com o velho aberto e cheio. Eu fiz porque queria sentir a fragrância do novo, queria e fiz! Sem pensar, afinal isso para uma Aline não é nada correto, ela que sempre vive o fim das coisas, em um repente se viu largando a coisa e começando outra sem viver o fim daquela. Tudo está caminhando dessa forma....e essa história ilustra muita coisa!
Sabe, as coisas não andam como deveriam andar, sabe quando você quer muito algo e quando tem se pergunta porque quis aquilo? Ou porque fez aquilo daquela forma? Havia outros caminhos, mas enfim você seguiu aquele e agora se vê na dificuldade imensa de continuar nesse caminho, todavia, eu somente descobri essa dificuldade, porque me propus a viver esse caminho e como em tudo que vivo foi de forma intensa, mesmo sem tempo uma Aline sempre encontra espaço para a intensidade! Tudo está correndo da forma mais monótona possível...em meio a correria está instalado o caos, a diferença é que agora com decisões tão grandes tudo aquilo que mudo altera grandes coisas e então eu fiquei pensando em como me vejo daqui 10 anos, achei tempo demais, reduzi para 5, ainda não consegui visualizar e então reduzi para 4 e mesmo não planejando muito publicamente o futuro, esse eu registrarei neste espaço...


Vejo-me planejando minha volta de um outro país, com amigos novos, novos costumes, novos lugares e uma certeza de que meu lugar não é fora do país de que longe de ser EMIGRANTE eu posso ser somente migrante e assim me vejo também preparando minha morada para uma das regiões extremas do país brasileiro. Vejo-me deixando meus pais a par de todas as questões daqui e sendo meus resolvedores rsrsrs abrindo mão do meu, vejo-me procurando casa de aluguel nessa extremidade, tendo um emprego com adulto e sentindo saudade das crianças, mas ao mesmo tempo vejo-me satisfeita com o descanso, lazer e vida proporcionado pelo novo emprego.
Daqui 4 anos estarei com 30 e me vejo com uma dúvida cruel de ter um filho, seja uma dúvida independente ou quem sabe (quem sabe mesmo) uma dúvida conjunta....Mas vejo-me por diversos motivos aceitando a boa ideia de não ter filhos e prosseguir insistindo para minha irmã ter um filho e dividir comigo essa belezura.
Daqui 4 anos, vejo-me por fim desfazendo-me por completo da querida biz rsrsrs vejo-me bem resolvida, com cicatrizes bem resolvidas e com autoconhecimento de mim mesma. Vejo-me distante, distante daqui, distante de tantos, mas disposta a conhecer outros tantos de "gentes brasilis". Vejo-me sem plenitude, mas buscando a magnitude, vejo-me forte, corajosa, feliz, mas um feliz contido, um feliz com alguns arrependimentos e algumas saudades do agora...Mas no fundo uma certeza de que aquilo que era certo foi feito! Também vejo-me com um medo danado de querer aquilo que não nasci para querer...
4 anos é o tempo para saltar do trampolim, pegar o impulso para depois de mais 4 anos me estabilizar...4 anos será fechamento de ciclo, tempo de mudanças. Ahhhh 4 anos será? O que será de mim? Deus é a resposta certa, mas os planos estão feitos! 


Frases para mulher cristã não falar








É engraçado e mais ainda por parecer tão real kkkkkk

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

O plano de Deus sempre se cumpre

Há diversas histórias na bíblia, mas a de Jonas nos ensina que não importa a direção que você esteja se Deus quiser ele te faz retornar para a vontade Dele! 
Jonas está afundando e morrendo, a partir disso, o peixe o engole e lá dentro ele ora assim:


"E orou Jonas ao SENHOR, seu Deus, das entranhas do peixe.E disse: Na minha angústia clamei ao Senhor, e ele me respondeu; do ventre do inferno gritei, e tu ouviste a minha voz.Porque tu me lançaste no profundo, no coração dos mares, e a corrente das águas me cercou; todas as tuas ondas e as tuas vagas têm passado por cima de mim.
E eu disse: Lançado estou de diante dos teus olhos; todavia tornarei a ver o teu santo templo.As águas me cercaram até à alma, o abismo me rodeou, e as algas se enrolaram na minha cabeça.Eu desci até aos fundamentos dos montes; a terra me encerrou para sempre com os seus ferrolhos; mas tu fizeste subir a minha vida da perdição, ó Senhor meu Deus.Quando desfalecia em mim a minha alma, lembrei-me do Senhor; e entrou a ti a minha oração, no teu santo templo.Os que observam as falsas vaidades deixam a sua misericórdia.Mas eu te oferecerei sacrifício com a voz do agradecimento; o que votei pagarei. Do Senhor vem a salvação.Falou, pois, o Senhor ao peixe, e este vomitou a Jonas na terra seca."Jonas 2:1-10


Augustus Nicodemus em pregação sobre isso menciona que esse capítulo 2, é um Salmos de livramento e esses Salmos de livramento apresentam a seguinte estrutura:


1) pedido de socorro
2) descrição do problema
3) oração pedindo livramento
4) livramento em si
5) agradecimento do livramento

Imagem relacionada



Ás vezes Deus nos coloca em situações críticas para lembrarmos de orar.
Quem jogou Jonas no mar foram os marinheiros, mas ele reconheceu nessa ação a mão de Deus "Porque tu me lançaste no profundo, no coração dos mares.." José também afirma isso quando reencontra seus irmãos. 
Essa deve ser a crença dos cristãos, saber que  por trás de todas as coisas, está Deus, o único que tem todo o poder de fazer com que o seu plano se cumpra.

Frases doces em imagens












sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Para tempos difíceis

Enviado para uma querida e merece ser lembrado aqui



Eu sempre penso em Eclesiastes 3 quando tudo está difícil, quando o ano é daqueles complicadíssimos eu procuro lembrar que vai passar, como as estações da natureza que ora faz um frio que dói os ossos, ora faz um calor que agonia, mas em meio a isso tem aquela linda primavera que desabrocha as mais lindas flores! Em breve você verá flores...Machado de Assis dizia que dos estrumes saem as mais lindas flores.
Tempos difíceis são oportunidades de nos achegarmos mais pertinho ainda do nosso Deus e de vivermos mais uma daquelas experiências sobrenaturais...Em todo o tempo DEUS É BOM! Mesmo nos difíceis, conte com as minhas orações e a do Pedro e se precisar de algo conte comigo.


Genebra

História de uma vida de estudo e oração


Estava fazendo o que mais faço no momento: escrever textos para eventos científicos, mas esse evento foi um pouco diferente eu pude relatar da minha pesquisa de mestrado sem  recorrer à ela, estava tudo aqui dentro desse pequeno cérebro rs essa sensação foi ótima e com ela me veio a enorme vontade de escrever um pouco. Esses textos são daqueles que eu não tenho a mínima ideia de aonde chegará, mas sei que é um texto pedindo para ser escrito...


Com apenas sete anos a pequena dizia que seria professora e ajudaria seus pais, ninguém acreditava, seu tio ria. Ela cresceu, cresceu, estudava o suficiente, mas não todos os dias. Realizava provas, buscava tirar tudo 10 ou tudo A, mas por um, dois, não conseguiu na Educação Básica e somente conseguiu no Ensino Superior.
Por ser sempre uma das melhores alunas, a pequena, menina, moça, mulher, sempre acreditava que sabia bastante, orava incessantemente pedindo sabedoria para Deus, lia Eclesiastes e Provérbios constantemente, pois eram livros de sabedoria.
Cresceu, com 14 anos, tentou passar em uma instituição, não conseguiu e descobriu que precisava estudar muito para entrar em uma universidade pública e não sabia o bastante. Cresceu mais um pouco foi trabalhar no quarteirão abaixo da biblioteca municipal da sua cidade, todos os dias no seu horário de almoço ia até lá, devorava livros, revistas, jornais, apostilas, frequentava o SEBO da cidade, comprava livros e mais livros...passou a estudar constantemente, todos os dias na verdade.
Lia, lia, orava, orava...antes de prestar o vestibular teve um encontro com Deus, um peniel que marcou sua vida e lá Deus a mostrou claramente que ela não era nada sem ele, incapaz de mover braços, pernas ou qualquer outra parte do corpo se não fosse pela permissão divina. Sorriu, descobriu o segredo da vida!
Continuou sua vida, prosseguiu...
Prestou o vestibular passou em 6º lugar, chorou, ligou para mãe, choraram juntas (e agora escrevendo está chorando de novo), quanta emoção, quanta benção de Deus. Ela em meio a parentes não formados em universidades, viu sua vida dando um novo rumo e se lembro de um texto que seu pastor leu um dia em que dizia o quão diferente havia sido uma pessoa de seus parentes por estar com Deus.
Deus a fez voltar, trilhou novos caminhos para ela...Ela? Cursou a faculdade, terminou, orou, orou e se tornou a 1ª aluna daquela turma, com a melhor nota, ela só podia agradecer ao Deus do céu o troféu maravilhoso. Prosseguiu, prestou mestrado, entrou em especializações e agora se vê preparando para de fato iniciar o doutorado. Com muito frio na barriga, oração e palavras do seu Deus dizendo "não temas eu estou contigo".


Deus de graça, obrigada por estar comigo, por encher-me de sabedoria e fazer-me andar mais alto! A ti é todo o louvor, pois sem ti eu nada sou.   

domingo, 24 de setembro de 2017

Pre Wedding - Sobre as redes sociais



Olá queridos, hoje, venho compartilhar com vocês as fotos minha e do Pedro tiradas antes do casamento escolhemos dois lugares para isso, uma fazenda floresta por representar a natureza e a criação de Deus e uma biblioteca da universidade que estudamos, por representar uma parte de nós.









Pensando no vídeo acima feito com imagens, eu lembrei de uma decisão que o Pedro e eu tomamos a partir da cerimônia do casamento  até o fim da lua de mel.
Decidimos que não entraríamos nas nossas redes sociais e nos curtiríamos ao máximo, pois havíamos visto muitos casais que se casavam e na manhã após o casamento estavam atualizando status, curtindo fotos, comentando e etc.
Meeeeu Deus, o Pedro e eu queríamos viver com intensidade a sensação de acordar agarradinho, de conversar até às 5h deitados um ao lado do outro, de se beijar depois de tanto tempo, de planejar o que faria, de ficar somente deitado, de comer juntos e de repetir que éramos casados! Foi bom demais e recomendo aos novos casais que em momentos a dois esqueçam as redes sociais, pelo menos durante a lua de mel e datas marcantes do casal!

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Amor de mãe

Para inspiração: é em um gesto simples de rotina que percebemos o admirável cuidado e amor de uma mãe.

Ligo para a minha e pergunto sobre o primeiro couve-flor comprado, após alguns dias na geladeira ela me instrui a jogá-lo! No telefone lamento e solto um "mas eu estava querendo tanto comer couve-flor..."
No dia seguinte, ela me surpreende, liga para o Pedro e pede para ele ir até ela buscar o couve-flor preparado e ainda completa "ela estava com vontade, está pronto...é só chegar e comer".

Um pequeno gesto, mas uma grande lembrança de cuidado e amor. Sem dúvida foi o melhor couve-flor que eu comi :)

domingo, 3 de setembro de 2017

Aline e Pedro: a história de amor que surpreende



Olá queridos, o vídeo abaixo, foi preparado para os nossos convidados no dia da cerimônia, nele, relatamos a nossa história, do dia que nos conhecemos até o momento do sim! É uma história que surpreende quem ouve e até a nós mesmos, é uma história a três: nós e Deus e o cenário é uma corte...







sábado, 26 de agosto de 2017

Pérolas da docência: pensamentos de crianças





Entrego uma folha sulfite branca para o pequeno e giz de cera de várias cores, ele escolhe o branco, eu não falo nada, somente observo. Desenha de um jeito, de outro, olha para o giz e como que inconformado por não ver o seu desenho me pede ajuda dizendo:
-Prô, aponta o giz?
Inevitável foi não rir. As reflexões dos pequenos encantam!


Resultado de imagem para giz de cera branco

sábado, 5 de agosto de 2017

Professorando: sobre a sinceridade

Pérolas da docência: sobre a sinceridade

Com três anos o pequeno me pede com voz mansinha:
-Prô, você poderia fechar a minha mochila por favor?
Olho para ele com expressão de admiração pelo pedido educado, rapidamente, ele percebe e diz:
-Prô, eu sou lindo não é mesmo?!

Sorrio e abraço, tem como não ser lindo, um pequenino desse?


Resultado de imagem para mochila infantil

quarta-feira, 26 de julho de 2017

ALMA ALINE

Ando sufocada, escrever cinco textos para eventos científicos em duas semanas não tem sido fácil!

-Calma Aline falta revisar um e fazer um, você está acabando- Sussurro para mim mesma!



Essa jornada quíntupla é de matar rs é Ensino Fundamental, Educação Infantil, Especialização, Doutorado e Casa.



Calma Aline, você escolheu assim, mas está passando... só falta um TCC, uma tese  e assim vai...Calma Aline 2017 superou todos os anos, mas sem dificuldade não há como vencer... 


O corpo dá sinal, sinais roxos que vem e vão...controle-se respire, relaxe, não pire, priorize...Este é o mais apertado ano, todavia, é o ano mais recheado...Calma Aline, Aline Calma...Tenha alma!
Alma Aline, Aline Alma...

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Sonho




Tem sonho que se sonha dormindo, tem sonho que se sonha acordado e tem sonho que se come sonhando...

sábado, 15 de julho de 2017

Doutorado




Um escritório novo e completo, um tablet , uma internet com mais velocidade, uma vontade enorme de aprender e uma paciência para esperar e viver por quatro anos tudo isso! 



Doutorado estou pronta!

terça-feira, 4 de julho de 2017

Formas de amar: aprendendo com crianças: 54


A pequena de três anos vira para mim e diz todos os dias:


-Prô, você está contente comigo?


Se eu digo que sim, ela abre um sorrisão se digo que não ela chora. Quem dera se fôssemos como essa pequena com o nosso Deus, hoje é tempo de perguntar: "Será que Deus está contente comigo?". E depois da resposta é tempo de agir...mantendo-se firme ou transformando-se!





Resultado de imagem para criança de três anos

Grandes coisas fez o Senhor

Não há nada que retribua os feitos do Senhor na nossa vida: 

"Que darei eu ao Senhor, por todos os benefícios que me tem feito?" 
(Sl 116:12).

Grandes coisas o Senhor tem feito por nós, além do que podíamos imaginar...Somos gratos por isso e pequenos demais para retribuir ao nosso Deus!


Resultado de imagem para O senhor é grande

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Paz em meio a prova


Hoje, eu sorri, um dia antes de um processo seletivo, de uma prova, senti uma paz imensa que há tempos não sentia, acordei, trabalhei em paz e essa paz me aquietou! Obrigada meu Deus, por me dizer que está a frente e que o resultado será a sua vontade.


Paz que me diz que Deus está comigo!

terça-feira, 16 de maio de 2017

Casamento: um testemunho

 Tenho passado por tanta coisa, vivido tanta coisa nova em tão pouco tempo disponível que não me sobra espaço para estar aqui, é claro que me faz falta e nesse viver muito vai se perdendo por não estar registrado aqui da maneira que deveria. Hoje, começo esse post simplesmente para matar a vontade de escrever, todavia, de fato eu não sei o que terei dito ao final.
Esse blog está relacionado com o esperar pelo que Deus tinha para mim, contei aqui alguns detalhes do casamento, mas nada aprofundado. Vamos ver se consigo dizer um pouco mais rsrs
Quando o Pedro me pediu em casamento eu tinha a convicção de que Deus prepararia tudo, no início não queríamos fazer nada, depois começamos a pensar que se queríamos que nosso casamento fosse uma espécie de culto e se assim concluímos que seria necessário servir algo para os convidados. As pessoas vão nos casamento com a expectativa mínima de que após haverá uma confraternização, um momento para alimentação e encontro de amigos.
Então decidimos que serviríamos um jantar, tudo foi milimetricamente pensado da seguinte forma:
 
 
 
 
"O que Jesus faria?"
"Jesus estaria nesse casamento?"
 
 
 
 
Se a resposta fosse não, tirávamos do nosso casamento e assim fomos prosseguindo, decidimos que somente haveria músicas cristãs no casamento, que não haveria DJ e nem balada, somente um jantar com música ambiente.
Tudo era muito caro, mas tivemos dois anos para nos preparar e Deus abençoou de uma forma sobrenatural, eu passei em um concurso e com isso dobrei minha renda, meus pais ajudaram além do que eu imaginava pagando foto, filmagem e o meu vestido, meus sogros também ajudaram e assim fomos caminhando.
Fechamos tudo que sempre sonhamos e que nunca achamos que conseguiríamos, a chácara dos sonhos, o buffet ótimo, a decoradora dos sonhos, o vestido lindo e ainda primeiro aluguel.
É claro que cada detalhe desse daria um post diferente como já fiz do vestido rsrs. Ahhhh e para completar tudo isso, ganhamos uma noite no hotel que era perfeito o Sun Valley, que é claro eu também achava que não poderia, no outro dia fomos para a lua de mel no nosso paraíso que era a nossa cara e se chama Tayayá.
Enfim, tivemos tudo do melhor de uma maneira que nunca sonhávamos, ganhamos muitos, muitos, muitos presentes. No nosso site de casamento os presentes totalizaram 3.500, 00 e ganhamos 4 mil no dia do casamento contando com a gravata e sapato e fora isso ganhamos tv, painel, sofá, geladeira, armário, mesa, mesa de escritório, fogão, microondas, depurador, home theater, blue ray, cama, mais valores em dinheiro, vários eletrodomésticos e muito muito mais.
Nos sentimentos tão, tão abençoados que valeu a pena esperar no Senhor e viver para ele esse dia e quando achávamos que estava tudo completo o Senhor nos deu dois lugares para morar e a possibilidade de reformar e planejar o nosso canto.
Com esse post que contei detalhes, quero encorajar vocês a terem um relacionamento que agradem a Deus, eu optei por esperar o Pedro e o encontrando nós optamos por esperar que nos beijássemos no altar e em meio a isso Deus fez por nós o que não merecíamos, ele fez o que era vontade, mas que nem ousávamos pedir por achar muito, muito distante.
Deus me deu tudo que eu queria e além do que eu pensava que podia querer, Deus é maravilhoso e hoje desfruto do seu cuidado de uma forma grata.
 
 
Olhar para o início e ver onde o Pedro e eu chegamos, é lembrar que existe um Deus de amor e misericórdia que me ama e que cuida de cada detalhe da minha vida.
 
 
 
 

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Sente-se fraco e em pedaços?


Há alguns anos, cantaram esse trecho para mim:


"Mesmo fraco em pedaços
Eu prefiro te dizer
Obrigado por estar...
Ao teu lado me refaço
Eu preciso ter você
Obrigado por estar aqui !"



Naquele momento, eu sabia que embora a canção original falava de Cristo, ela foi perfeitamente encaixada naquele momento. Momento em que precisavam de mim para que a pessoa fosse refeita, meses depois o contrário foi verdadeiro rs foi a minha vez de precisar. Voltando ao presente, lembrei dessa música ontem e não foi sem motivos, eu estava precisando me refazer, eu estava fraca e precisava de...então essa canção surgiu como uma memória, lembrando-me de que Deus pode ser sempre aquele que está ao meu lado.
Então, diante da fraqueza e dos pedaços se refaça!






Obrigado Por Estar Aqui
Rosa de Saron
  

Quantas vezes eu quis
Tão longe buscar o que nunca percebi
Por tantos lugares passei
Mas afinal você sempre esteve aqui

Quantas vezes eu quis
Por um instante te fazer feliz
Seja com minha voz, meu louvor, meu amor,
Meu coração se agita quando você... me olha assim
Tudo o que eu tenho é você

Mesmo fraco em pedaços
Eu prefiro te dizer
Obrigado por estar...
Ao teu lado me refaço
Eu preciso ter você
Obrigado por estar aqui !

Quantas vezes errei
Mas no final permaneceu o amor
Renasceu em mim a força da cruz
E eu já não sei mais o que é viver
Um dia sem você
Faz parte do meu ser

Mesmo fraco em pedaços
Eu prefiro te dizer
Obrigado por estar...
Ao teu lado me refaço
Eu preciso ter você
Obrigado por estar aqui !






domingo, 30 de abril de 2017

Deus de providência



Tenho visto, vivido e experimentado que apesar de eu ser fraquinha: "Tudo posso naquele que me fortalece [Deus]." (Filipenses 4:13).

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Crianças no casamento

Eles abrilhantaram o nosso dia. As melhores daminhas e o melhor pajem 








Eles foram os primeiros a serem convidados para participarem do nosso casamento, com uma caixa de doçuras dizemos que eles poderiam tornar o nosso dia mais doce. Com um pirulito colorido agradecemos o convite aceito e a participação realizada.
Para que eles pudessem entrar no casamento e se sentirem em casa, na semana do casamento, levamos eles para a chácara que casamos e lá deixamos eles brincarem, entregamos massinhas e assim eles foram se conhecendo e rapidamente se entrosando, posteriormente, levamos eles para uma sorveteria e o resultado de tudo isso?
No casamento eles não se desgrudaram, lindamente onde um estava, estavam os quatro e isso foi lindo de se ver.


domingo, 2 de abril de 2017

Falta de caráter


Ela diz que sente orgulho da força de vontade e dedicação dele...que é assim que consegue as coisas no trabalho, coitada, mal sabe ela que ele consegue tudo a base de falta de caráter, prejudicando os outros e pisando em quem pode...Visões distorcidas ela está orgulhosa de alguém que mesmo cristão age sem ética alguma, tudo para ser bem sucedido no trabalho...e assim caminha essa nojenta humanidade!


Resultado de imagem para trabalho prejudicando outros





sábado, 1 de abril de 2017

Mar

A imagem pode conter: texto
Fonte:https://www.facebook.com/mentesdiferente.123456789/photos/a.314510098654329.63209.266535886785084/1049274728511192/?type=3&theater

sábado, 25 de março de 2017

Texto tecido em retalhos


É preciso coragem para sentar na frente de uma página em branco do Word e tentar escrever o que não se sabe e não se tem ideia...dias vão, dias vem tudo na mesma...até que você começa a ler umas coisas, outras, reler seus próprios textos e algumas ideias vão surgindo, mas nada concreto...
De repente,  tem-se a iluminação  e o texto vai se tecendo como uma colcha de retalhos, eis que surge o texto.


É preciso coragem para fazer o que não se sabe e mesmo assim escolher caminhar e no caminho descobrir...

sexta-feira, 24 de março de 2017

Beijo com barulho

A pequena de três anos recebeu um beijo meu na bochecha, sorriu, olhou-me e depois de muito pensar com um belo sorriso perguntou:
-Ô prô você sabe dar beijo com barulho?!
Aquela simples pergunta me fez pensar: será que eu sei? Adultos se acostumam a discretamente demonstrarem afeto enquanto crianças o demonstram com "barulho".